Brancos e nulos viram votos para o primeiro

19Sep

Brancos e nulos viram votos para o primeiro

Você sabia que anular ou votar em branco é praticamente a mesma coisa que votar no primeiro candidato? Sim. Se você não está satisfeito com nenhum dos que estão ai, e resolve que vai anular ou votar em branco, então você está praticamente votando no primeiro colocado.

Quer ver uma pegadinha? Quantos votos um candidato que tem 35% dos eleitores totais no primeiro turno precisa ganhar no segundo turno?

Muita gente responderia: precisaria ganhar mais 15% dos votos mais um, para ter os 50% mais um que o TSE determina. Mas isso é FALSO.

A resposta correta é: o candidato pode ganhar as eleições sem ganhar mais nenhum voto em relação ao primeiro turno!

Veja que interessante.

Suponha uma cidade com 100.000 eleitores. E os candidatos tem a seguinte votação:

nulos01.png

Repare que o Candidato A é o preferido de 35.000 eleitores, de um total de 100.000 eleitores. Ele tem, portanto, 35% dos votos totais.

Mas quando olhamos para os votos válidos, retirando brancos e nulos, vejam o que acontece:

nulos02.png

Os 20% de votos brancos e nulos são distribuídos proporcionalmente entre os candidatos, e o Candidato A, que tinha 35%, ganha 8,8%, e vai para 43,8%. O Candidato B, que tinha 20%, ganha 5%, e vai para 25%. E assim vai.

Repare: quanto mais votos o candidato tem, mais os votos bancos e nulos vão para ele.

Agora vem a “mágica”do segundo turno. Sabiam que o candidato A pode saltar, neste exemplo, dos 35% (real intenção de voto) para 63,6% (votos válidos no 2º turno) SEM GANHAR UM ÚNICO VOTO?

Vejam a seguir:

nulos03.png

Isso pode acontecer se os eleitores dos candidatos C e D, neste exemplo, anularem ou votarem em branco no 2º turno.

Repare que os candidatos A e B, que foram para o 2º turno, não ganharam um mísero voto desde sua votação no 1º turno. Eles continuaram com 35.000 e 20.000 votos, respectivamente.

Mas como os eleitores dos candidatos C e D optaram por anular ou votar em branco, o que eles fizeram, de fato, foi dar mais votos para o Candidato A, que ganhou 19.9%enquanto o Candidato B ganhou 11.4%.

Portanto, não pense que anular ou votar em branco é uma forma de protesto. É, na verdade, uma forma de ajudar quem está em primeiro.

Pense nisso quando for votar, em qualquer dos turnos, mas especialmente no 2º, caso seu candidato não passe.

O gráfico final da variação de votos válidos sem nenhuma mudança nos votos reais você vê a seguir:

nulos04.png

Não existe, portanto, esse negócio de não participar. A escolha pela não participação é o apoio ao primeiro colocado. Não diga depois que você não participou, porque anulou ou votou em branco. Você participou, sim, e ajudou o primeiro colocado se fizer isso.

Leave a Reply